Busca avançada



Criar

História

Sonhos são sempre possíveis!

História de: Alice Ribeiro
Autor: Alice Ribeiro
Publicado em: 30/12/2014

Sinopse

Uma história sobre superação, fé e muita coragem para descobrir e realizar os seus sonhos mais profundos.

História completa

Hoje estou aqui para contar um pouco da história de uma menina cheia de sonhos! Um belo dia essa menina, pobre, estudante de escola pública (ainda pra completar o ensino precário que teve, ela fez normal, onde a partir do 2° ano não teve nem química, nem física, nem bilogia, aí fica a pergunta, como se passa em um vestibular com essa base?), sonhou que um dia estaria na universidade pública e concomitante a esse sonho ela queria fazer um intercâmbio. Como assim?! Essa menina não tinha dinheiro nenhum... Nenhuma pensão, herança e muito menos trabalho, porque pra conseguir passar na faculdade pública ela teve que abrir mão do trabalho porque ela não conseguia trabalhar e estudar pra prova do vestibular ( que como todos sabem é uma prova pra quem tem uma excelente base, ou é autodidata ou come todos os livros sozinho e assimila conhecimentos com facilidade)[... ]( uma grande história a ser contada outro dia com mais tempo) .

 

Pulamos para a parte das conquistas: Um belo dia essa menina passa pra UERJ, a vida dela começa a mudar, não pra melhor RS, porque ela tinha que acordar as 04:00 da manhã pois morava absurdamente longe da universidade, porque não sabia nada de espanhol e ouvia de um ou outro professor que ela deveria mudar de curso, mas ela não está ali por acaso, então, ela não desiste. Continua a sua caminhada em meio as dificuldades de sobrevivência com relação a pagar xerox, comer na faculdade, comprar livros e as dificuldades com o idioma. Mas ela tem uma grande amiga que Deus enviou para o fardo ser mais leve, e para ajudá-la em todos os momentos, inclusive dividir prato de comida ( porq as vezes o dinheiro só dava pra paçoca), vou chamar esta amiga dela de sorriso rs.

 

Depois de pensar seriamente em desistir de espanhol, ela encontra alento e força em um grupo de iniciação a docência (PIBID), foi recebida e acolhida por uma querida e linda professora de espanhol que vou chamá-la de requetemejor hahaha. E o sonho de fazer intercâmbio?! Acabou?! Não existe mais?! Existe sim, mas a menina está com o CR baixo e já está no 5º período, mas ela não desiste fácil. Rumo a aumentar esse Cr, ela estudava nas madrugadas para tirar a nota máxima em provas e trabalhos para conseguir aumentar o bendito CR. Ushi, ela consegue, o Cr aumentou e o próximo passo?! Tentar a bolsa, afinal um ano antes Deus já havia falado que ela estudaria fora sem pagar um centavo. Então, partiu juntar todos os “milhões de documentos” e entregar no DCI (Departamento de cooperação internacional) ... Uma etapa que para ela parecia não ter fim,o DCI era quase a casa dela, ela ia todos os dias e sempre com “mil perguntas”. Antes de entregar essa documentação a menina vai à polícia federal tirar o passaporte e o policial por pura curiosidade rs pergunta pra onde ela vai e ela antes da pergunta terminar diz que vai fazer intercâmbio na Colômbia e o policial solta um risinho ( sei que foi irônico, preconceituoso o moço rs ) e fala: que legal! A menina imediatamente fala: Na verdade eu to tentando uma bolsa mas já sei que vou consegui. Oh menina de fé! Então o processo continua e o tempo é curto... Tudo pronto pra ser entregue e agora é só esperar o resultado.

 

E no dia 30 de agosto de 2013 sai o resultado, opaaaaaaaaaa, o nome dela está no meio dos selecionados. Sim, ela vai pra Colômbia, sim com tudo pago, sim ela conseguiu realizar o grande sonho. No dia 11 de fevereiro de 2014 a tal menina entra pela primeira vez em um avião e daí em diante ela começa a viver uma vida de novidades, pela primeira fica longe da família por tanto tempo, pela primeira vez mora sozinha, pela primeira vez faz diversos pratos de comida, aprende a comer o que não comia de jeito nenhum no Brasil. Bom, mas como nem tudo são flores, a menina pela primeira vez é assaltada, longe de casa, no dia do niver da mãe. Assalto que só veio pra fortalecer a menina e mostrar que Deus era com ela, pois levaram praticamente tudo, como documentos, dinheiro, cartão, óculos de grau... ( não vou me aprofundar nos pequenos detalhes), mas em nenhum momento ela deixou de acreditar na grandiosidade e proteção de Deus.

 

Pela primeira vez ela teve seu nome em uma página de notícia, sim de notícia, o ocorrido saiu no jornal “El tiempo”(jornal muito conhecido na Colômbia, tipo o extra e o dia daqui)... hahhaah que “tragicomédia” ( porque na reportagem ela paga micos no manejo do idioma)...Bom, no fim deu tudo certo. A menina não tinha muito tempo pra pensar em assalto quando tinha que pensar e organizar a viagem pro caribe, além de estudar que nem uma louca ( porque lá fora a coisa é pior que aqui... ela foi sugada pelos estudos RS), perto da viagem pro caribe e perto do seu niver algo trágico acontece, ela cai (estava correndo com a cachorrinha mais linda do mundo, sim ela agora gosta de cachorro) e tem uma leve fratura na coluna a ponto de não aguentar se mexer, mas a tal menina não está sozinha, apesar de até o momento não ter sido mencionada ,ela teve uma grande amiga e parceira brasileira que vou dar o nome de Mari linda. Mari esteve com ela em todos os momentos e por toda a parte, em todas as loucuras e nos momentos de dores também, era ela que cuidava da tal menina quando ela estava muito doente, ela também estava no dia do assalto e apesar de ñ ter nada levado pelo "bom moço", Mari ficou afetada psicologicamente já que o homem "me"/"nos" ameaçou com uma arma branca.

 

Seguindo adiante, depois de injeções, remédios, massagens e exames, a menina está nova em folha, pronta pra outra RS, ou não... Pra não ficar muito demorado vou resumir algumas partes só falando que teve viagens na viagem, teve viagem pra Cartagena(teve beijo no golfinho), Santa Marta, Cali, Barranquilla ( terra da Shakira), teve crise Alérgica por todo o corpo ( porque a menina era levada), teve presença nos cultos da igreja batista dirigida por Coreanos ( a igreja ficava dentro de comunidade, mas a menina é ousada rs), teve amigos de muitas nacionalidades, teve curso de espanhol no exterior, teve participação em novela ( sim, a menina queria ser atriz, hahah claro que não, era por causa do din din mesmo),teve viagem pro Equador, teve notas ótimas no final do período.

 

Só pra constar, essa menina é cotista! Este ano de 2014 foi o ano do agir de Deus na minha vida... Demorei muito pra escrever este breve resumo, mas está aí para que todos saibam que é possível, sonhos são sempre possíveis! Obrigada, por lerem a minha história! Obrigada Mãe, por sempre acreditar e confiar em mim, pela base que me deu e pelo exemplo que é pra mim! Sem o seu referencial seria difícil seguir em frente!

Ver Tudo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | portal@museudapessoa.net
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+