Busca avançada



Criar

História

Mestres para a vida

História de: Mariza Denucci
Autor: Mariza Denucci
Publicado em: 15/10/2017

Tags

História completa

Aprender significa tomar conhecimento, reter na memória.... Com meus professores essa definição ganha um significado ainda maior. Com eles tive lição de vida e não só o bê a bá, aritmética, língua portuguesa, conhecimentos gerais e outros mais. Tive o grande privilégio de ter tidos ótimos professores durante todo o meu período escolar básico, o antigo primário. E embora a maioria delas no meu caso não esteja mais presente, continuam vivas na minha lembrança, na minha mente e com certeza em muitas atitudes pessoais.

 

No ginásio, no colegial e também na universidade muitos foram de muita importância e me lembro deles com grande carinho e satisfação. Mas como os primeiros professores é que mais marcam a nossa vida gostaria de fazer uma pequena homenagem para elas: Geny Saes minha professora de jardim de infância; quanta lembrança boa desse período em 1964, apesar de.... D. Gemma Capello minha professora de 1º ano de Grupo Escolar. Bondade e paciência era seu ponto forte além de excelência em ensinar as primeiras palavras e nos fazer descobrir o mundo fascinante da leitura. D. Estela Araujo a professora de 2º ano que engravidou durante o ano. E muito sensível aos olhares atentos dos alunos que viam sua mudança física no decorrer do ano nos brindou com uma lição de educação sexual quando isso nem se cogitava nas escolas. E que aula dada com verdadeira sabedoria e delicadeza de mestra!!! Lá se foi embora a ideia fantasiosa da cegonha.... Depois veio D. Maria José Brocatto, fama de durona e severa mas eu sempre a achei um doce. Levávamos emprestados para casa toda 6ª feira livros que ela mesma coletava de seus próprios filhos e amigos. Com ela aprendi a amar os livros e sou apaixonada até hoje pela leitura. Ela empresta seu próprio nome a uma escola em Santa Barbara d’Oeste que a homenageou com muito respeito e merecimento.

 

Outra professora que foi muito importante em minha vida foi D. Jadir de Castro. Ela também se tornou nome de escola merecidamente. Extremamente competente e amorosa. Era mãe de 4 mas adotou muitos outros filhos apesar de ser viúva e viver com o salário de professora. Ela nos preparou para deixar a escola primária e ingressar no ginásio, como era conhecido antigamente. Não era apenas uma mudança de escola, mas toda uma alteração radical em muitos sentidos. A começar que teríamos muitos professores e cada um em sua especialidade. Teríamos aula de francês, inglês e tantas outras novidades para uma criança de 10 anos. Sabendo que iríamos deparar com a falta de um livro didático para cada disciplina e que tínhamos que copiar o “ponto” da lousa ela nos ensinou a abreviar as palavras de uma frase. Tinhamos com ela ditado de abreviação e quem mais abreviasse num texto ditado ganhava um pontinho na nota final. Assim também era tb, quanto qto, as palavras terminadas em mente era finalizadas com / ; e até indivíduo era um triângulo.... e por ai afora. Pura diversão, ela fazia suspense para dizer quem ganhou....e era uma verdadeira competição entre os alunos. Uma boa maneira de exercitar a mente e nos poupar tempo. Uma coisa que se tornou hábito em minha vida.

 

Tempo palavra que engloba tantos significados entre elas a duração de nossas vidas. E com toda certeza essas e muitos outros professores fizeram parte da minha vida e deixaram marcas e pegadas que me acompanham na minha jornada. Cruzaram minha trajetória e contribuíram com minha bagagem de conhecimento. Estão presentes em tudo que faço, em tudo que sou ou que virei a ser..... Gratidão a todos que fazem da sua profissão de professor uma missão. E tocam as vidas de muitos dando um significado o mais nobre possível apesar de toda falta de valorização de seu papel no dias de hoje em nossa querida pátria. Que país lindo se a educação fosse uma pedra angular na construção do caráter de homens em cidadãos plenos e dignos!

Ver Tudo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | portal@museudapessoa.net
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+