Busca avançada



Criar

História

Um dia tudo melhorará

História de: Gabriele Nunes
Autor: Tamires Puhl Pereira
Publicado em: 19/12/2019

Tags

História completa

A vida não está difícil, só estamos passando pelo estágio da lagarta.

Por muito tempo minha mãe passou por necessidade, a pior parte foi quando ela ficou grávida de mim, pois ela tinha 14 anos. Muitos falam que ela fazia programa, mas isso eu não posso afirmar, só sei que isso foi um momento muito difícil.

Quando minha mãe deu à luz foi o momento mais feliz da vida dela, porém logo sua mãe ficou doente e não teve como cuidar de mim, então com 6 meses fui adotada por um casal de idosos que moravam próximos da casa de minha mãe. Em 2005 minha avó faleceu, foi muito triste para minha mãe e logo foi morar com meus pais adotivos.

Com o passar do tempo, me afastei da minha mãe, mas ainda mantive contato, em 2006 ganhei uma irmã, ela era muito pequeninha, mas eu a amava.

Quando eu tinha uns 10 anos ( ou menos, não me lembro muito bem ), meu pai adotivo se passava comigo pelo fato de eu dormir com ele, pois estava passando por um momento em que eu tinha medo de tudo. Isso é um assunto que não comento, pois é muito difícil, não consigo entender como tenho carinho e afeto por ele.

Em 2017, consegui meu primeiro emprego e meu primeiro salário. Foi o ano que comecei a estudar à noite no colégio Marechal Mascarenhas de Moraes, em Cachoeirinha, escola em que estou concluindo o terceiro ano do ensino médio.

Pretendo ter uma estabilidade financeira até os meus 30 anos e farei muitos trabalhos voluntários, fui e ainda vou ser uma pessoa muito melhor. Isso tudo resulta em uma menina simpática, tímida e que demonstra todo o amor possível para as pessoas, o amor que não foi dado a ela, mas que ela acredita que ainda exista entre pais e filhos.

Claro que não poderia deixar passar, vou falar um pouco do homem que está fazendo parte da minha vida há algum tempo: Ele se chama Wesley e é um homem maravilhoso, acredito que por causa dele estou me tornando uma pessoa melhor, só tenho a agradecer, temos muitos planos e acredito que todos ainda vão se realizar. Sim sou uma menina apaixonada também. Essa sou eu, me chamo Gabriele Nunes da Silva, e essa é um pouco da minha vida.

Ver Tudo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | portal@museudapessoa.net
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+