Busca avançada



Home / Explore / Notícias

Bordando outra vida



A história de Zeneida Souza Silva é mais uma entre as tantas marcadas pela violência e exploração. “O pai nunca pôde deixar a gente na escola. Estudei pouco. Tinha que trabalhar pra ajudar. Quando começamos a ir pra um grupo escolar, íamos correndo, a pé. Era longe. Eu e meu irmão corríamos atrás da professora: ela de bicicleta, e nós correndo atrás.”

Já adulta, descobriu-se no bordado e a ele se dedica com afinco. Um alívio para as agruras provocadas pelo filho mais velho, que sofre de esquizofrenia e tem acessos de fúria.

“Para mim foi uma grande coisa porque eu sofria muito com esse menino. Eu ficava muito nervosa, porque eu tenho a pressão alta. Eu ficava nervosa com ele me xingando. Ele me xinga muito, esse menino. Fala que vai me matar. Quando ele fica assim eu fico tão nervosa! Saio de dentro de casa, fecho a casa saio. E aqui eu me distraio, o bordado me distrai muito. Se eu ficar em casa eu fico só pensando que ele vai me matar, vai fazer isso e aquilo comigo. E eu aqui, não, a gente conversa, borda, distrai a gente.”

Veja a história completa aqui.

 

 




Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | portal@museudapessoa.net
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+