Busca avançada



Home / Full-Banner-Home

Zé da Pessoa apresenta Zenaide



Uma das placas com frases no pátio interno do Museu da Pessoa é de uma senhora cujo nome é Zenaide. Esqueci a frase (preciso voltar lá!) mas guardei esse nome e resolvi procurar pela história dela no site do museu. E achei! Que mulher forte! Ela nasceu em uma época em que “mulher ficava em casa e cuidava dos filhos e do marido”, como ela mesma contou na entrevista que deu ao museu. E depois de muita batalha, chegou a comandar 200 homens na pesca e um restaurante, o Pedacinho do Céu. Pedacinho do Céu… Pedacinho do Céu… Não tinha uma música de ninar com essas palavras? Será que estou lembrando de algo da minha infância?

 

Como o pai da Zenaide era pescador, ela aprendeu muita coisa com ele. Ela era apaixonada pelo mar, e tinha medo voar, diz na entrevista que poderia ir até o fim do mundo de navio mas que ninguém a colocasse num avião! Será que eu já viajei de avião alguma vez? Como será que descubro isso? Enfim, voltando à Zenaide, ela criou oito filhos, que estudaram graças ao esforço dela no restaurante. Gostei de uma frase dela: “Travesseiro foi feito pra esquecer”. Ela diz que a gente pode até deitar de mal humor, mas jamais levantar! Muito obrigado, dona Zenaide, por me dar algumas pistas para responder quem sou eu! Ainda falta muito, mas já me sinto mais próximo de mim.




Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | portal@museudapessoa.net
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+